Unha Encravada

Quais são os sintomas?
Os dedos mais atingidos são os “dedões” dos pés. Em casos raros ocorre nas mãos. Acontece quando a unha cresce e penetra nos cantos da pele. Inicialmente, ocorre a dor devido à sensibilidade, mas podem ocorrer infecções se não tratar da forma correta.

O que causa a infecção?
Existem diversos motivos que causam a infecção. Quando é realizado corte na unha no formato arredondado ou muito curto, a pele impede o crescimento natural. Também pode acontecer um trauma, como um ferimento na cutícula ou pisão no pé. O uso de sapatos apertados ou com o bico fino pode piorar a situação criando inflamação, inchaço, e granuloma piogênico (carne esponjosa). A unha encravada pode representar um problema sério para pessoas com diabetes.

O tipo de unha influência?
Existem quatro tipos de unhas: caracol, gancho, funil e torquês. Alguns tipos de unhas encravam pela forma que são cortadas ou por ser uma patologia hereditária.

Todos os casos precisam de cirurgia?
Somente um profissional poderá determinar se é necessário realizar uma intervenção cirúrgica. Dependendo do grau de infecção indica-se a matrisectomia, cirurgia que estreita a unha. No procedimento, que é realizado com anestesia local, é retirado um pedaço da unha, que fica em contato com a cutícula.

Como posso tratar a unha encravada?
Evite cutucar a pele ou cortar a unha, pois ela voltará a crescer e encravará novamente.  O ideal é procurar um especialista que indicará o tratamento certo. É bom manter os pés higienizados, limpar a região com algodão embebido em álcool, evitar usar sapatos fechados estreitos e lixar a superfície da unha, para que fique enfraquecida e não volte a encravar.

Como prevenir que a unha encrave?
As unhas devem estar cumpridas, de forma que possam garantir a proteção das extremidades, com corte quadrado. As cutículas devem ser apenas empurradas, pois elas protegem as unhas de microorganismos. E, deve-se evitar o uso de calçados apertados e de bico fino. Se notar qualquer alteração na cor ou textura da unha procure um especialista.

Quais são os cuidados que diabéticos têm que ter com as unhas?
Diabéticos precisam ter alguns cuidados especiais como, lavar bem os pés, sempre secar antes de cortar as unhas e utilizar um cortador ou uma tesoura. Caso tenha unha encravada é necessário procurar um dermatologista para verificar o tipo de tratamento. E, só recorrer a pedicures treinados, que não tirem as cutículas.

Rua Sampaio Viana, 253 - cj. 123 - Paraíso - CEP. 04004-000 - São Paulo - SP - Tel.: (11) 3926-3713 - Fax: (11) 3052-1596
Convert Marketing - Assessoria de Marketing DigitalD'Aurea Machado - Clínica de Dermatologia Integrada da Pele
Copyrights © 2013. All rights reserved. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização.