Micoses

O significado de micose é "Designação genérica das enfermidades produzidas por fungos. Excrescência fungosa da pele".

Existem mais de 01 bilhão de espécies de fungos e eles possuem várias dimensões.
Alguns são maiores e até comestíveis como os cogumelos, já outros são totalmente prejudiciais a saúde e só podem ser vistos com o auxílio de um microscópio, esses, no entanto estão classificados em uma população de aproximadamente de 100 espécies.

Os fungos se reproduzem em ambientes que tem calor em excesso ou muita umidade. Esses locais podem inclusive ser a pele de uma pessoa, que está vulnerável a esse tipo de ação. Dessa forma surgem as infecções, que podem ser simples e superficiais ou complicadas e profundas.

Veja alguns exemplos de tipos de micose (tínea):

Micose no couro cabeludo: Com alto grau de manifestação, esse tipo de micose é contagioso. Uma camada de cabelos que parecem estar nascendo ou uma reação de infecção já são os primeiros sinais da doença, podendo se agravar com o aparecimento de pus ou pequenos tumores.

Micose nas mãos: Bastante comum, é o tipo de micose que apresenta descamação da pele ou pequenas bolhas.

Micose no corpo: Podem aparecer em qualquer parte do corpo com pequenas manchas vermelhas que tem o formato de um círculo crescendo pelas bordas.

Micose no pé: É outro tipo de micose bem comum, mais conhecida como "frieira" ou "pé de atleta", aparecem entre os dedos com fissuras, prurido e maceração. A micose tem formação escamosa e causa coceira. Casos mais graves desse tipo de micose são classificados como "forma eritematosa", com bolhas e aspecto de vermelhidão intenso, causando um incômodo ainda maior com dor.

Micose na virilha: Da mesma forma que as demais, as manchas vermelhas e as coceiras estão presentes entre as coxas, podendo se espalhar pelos órgãos genitais.

Micose na unha: Esse tipo de micose também é chamado de onicomicose. O fungo penetra pela via disto lateral e se espalha pela superfície (lâmina ungueal), apresentando uma coloração amarelada muitas vezes com modificação séria na unha. A inflamação pode se alastrar facilmente porque as unhas contem uma substância chamada queratina, que é o alimento desses fungos. Este quadro pode ter como conseqüências, as chamadas distrofias ungueais, ou seja, deformidades da lamina ungueal.

O aspecto das infecções são diferentes e não é possível diagnosticar o nível de complexidade sem realizar um exame laboratorial e micológico. O tratamento é feito diretamente no local com loções, cremes ou xampus especiais prescritos pelo médico dermatologista, e em casos particulares a medicação é via oral.

O acompanhamento médico garante a eficácia do tratamento, principalmente de acordo com a reação do medicamento à pele. Além de lidar com alguns casos que podem durar semanas de cuidado.

Quais sãos os locais que devo tomar mais cuidado?
Se você já fez um exame médico simples antes de usar a piscina de um clube, sabe que essa análise também é feita para identificar se o corpo foi atingido por alguma micose. A contaminação por piscinas, vestiários e praias é muito freqüente.

É importante que sejam tomados todos os cuidados, principalmente com as crianças.

• Evite utilizar objetos pessoais de outra pessoa;
• Evite usar calçados apertados, opte pelos mais largos e ventilados;
• Procure sempre secar o corpo após o banho, em pessoas obesas é comum a falta de cuidado nas regiões do corpo que tem dobras. Lembre-se que esse ambiente úmido é a casa dos fungos;
• Use um chinelo quando estiver em lugares como clubes, vestiários, etc.
• Observe o seu bicho de estimação e na presença de qualquer descamação na pele dele, leve-o a um veterinário para o tratamento mais rápido possível;
• O material de manicure: alicates de cutículas, lixas e tesouras devem sempre ser esterilizados;
• Evite o uso de uma roupa úmida por muito tempo;
• Não dormir com o cabelo molhado, pois a umidade favorece a proliferação do fungo no couro cabeludo;

A micose pode ser transmitida de outra pessoa?
Sim. É a forma mais freqüente de contaminação, ter o contato com a pele ou usar algum objeto pessoal de outra pessoa.

Normalmente os fungos já estão na nossa pele, mas precisam de um fator ativo para que eles possam procriar principalmente quando o nosso corpo tem baixa imunidade.

Existe algum tipo de tratamento para Micoses?
O tratamento vai depender do tipo de micose e deve ser determinado por um médico dermatologista . Evite usar medicamentos indicados por outras pessoas, pois podem mascarar características importantes para o diagnóstico correto da sua micose, dificultando o tratamento.


Rua Sampaio Viana, 253 - cj. 123 - Paraíso - CEP. 04004-000 - São Paulo - SP - Tel.: (11) 3926-3713 - Fax: (11) 3052-1596
Convert Marketing - Assessoria de Marketing DigitalD'Aurea Machado - Clínica de Dermatologia Integrada da Pele
Copyrights © 2013. All rights reserved. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização.